Social Icons

Featured Posts

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Congelação/Descongelação de alimentos V

Estamos a terminar esta semana dedicada à congelação.

Para o último post guardei os prazos de validade.

Apesar de a congelação conservar os alimentos, estes não podem ser mantidos no congelador infinitamente.

 

http://blog.clubedolar.com.br/wp-content/uploads/2011/08/comida-congelada.jpg

(imagem retirada da internet)

 

Congelação e Validades

Para que os alimentos não percam as suas propriedades, da textura ao valor nutritivo, deve respeitar o período máximo de conservação no congelador, que varia de produto para produto.

Alguns exemplos:

2 meses: carne picada, hambúrgueres e salsichas.

3 meses: marisco, peixe como a sardinha e cavala, pão, bolos e pratos cozinhados.

6 meses: peças de caça, carne de porco, peixes como dourada e pescada, manteiga e salgados.

8 meses: fruta em calda, carne de borrego e queijos de pasta mole.

10 meses: frango.

12 meses: a maioria das hortaliças e carne de vaca.

 

Espero que estes posts tenham sido úteis.

Obrigado a todos os que visitam o blog Alegre

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Congelação/Descongelação de alimentos IV

Congelar alimentos é uma excelente forma para os conservar.

Mas sabia que nem todos os alimentos podem ser congelados?

Hoje vamos aprender quais os alimentos que não devem ser congelados.

 

http://www.declareamor.com.br/wp-content/uploads/2012/11/vegetales-congelados.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

Não deve congelar

1. O interior dos ovos inteiros. Pode congelar as claras inteiras e as gemas batidas, mas separadamente.

 

2. Natas, iogurtes e maionese ficam com aspecto talhado e com uma textura desagradável quando se descongelam.

 

3. Tomate e alface ficam muito moles depois de descongelados. Mas pode congelar tomate e usar depois em cozinhados.

 

4. Batatas cozidas, pois absorvem muita água, amolecem, esfarelam e escurecem. Fritas ou desfeitas em puré pode congelar.

 

5. Peras, mangas e bananas são frutos delicados que sofrem alterações de cor quando submetidos a baixas temperaturas. Daí que só deva congela-los se estiverem cozidos, em forma de calda ou puré.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Congelação/Descongelação de alimentos III

Já abordamos a importância das características do congelador para congelarmos os alimentos.

Também já falamos sobre a preparação dos alimentos.

Mas não menos importante é a forma como os descongelamos.

Podemos fazer tudo bem, mas se a forma como descongelamos os alimentos estiver errada, podemos por em causa os seus nutrientes.

 

http://media.maisquereceitas.petry.cc/photologue/photos/cache/descongelamento_zoom.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

Descongelar

1. Como proceder

Não descongele os alimentos à temperatura ambiente.

Opte por um dos seguintes métodos:

- Na véspera, coloque o alimento na zona do frigorífico;

- Use o micro-ondas na função de descongelação;

- Mergulhe-o em água quente, caso esteja dentro de um recipiente;

- Cozinhe-o diretamente no caso de peixe ou verduras.

 

2. Quando descongelar um alimento, consuma-o no menor espaço de tempo possível.

Nunca congele um alimento duas vezes, já que isso faz com que perca as suas propriedades nutritivas.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Congelação/Descongelação de alimentos II

Hoje continuamos no tema da congelação/descongelação de alimentos.

Onde falei-vos do congelador e das suas características, hoje trago-vos a preparação dos alimentos para serem posteriormente congelados.

 

http://2.bp.blogspot.com/-t-gTAt-TLcQ/TnyhHrFMqWI/AAAAAAAAAD0/RwqzBHcanTI/s320/235verduras.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

Preparar os alimentos

1. Carne e Peixe

Limpe a carne, retire-lhe se possível os ossos, os tendões e as gorduras em excesso.

No que diz respeito ao peixe, este deve ser escamado e estripado.

Corte os alimentos no tamanho que pretende para cozinha-los e acondicione-os em sacos próprios para congelação.

 

2. Hortaliças

Lave-as em água abundante e retire-lhe as partes que não são comestíveis. Depois, submeta-as a um branqueamento para melhor conservar as suas propriedades nutricionais, destruir as enzimas e reduzir o número de microrganismos nocivos. Para isso, basta mergulha-las durante 1 ou 2 minutos em água a ferver e passa-las logo por um banho de água fria.

 

3. Ervas aromáticas

Salsa, coentros, manjericão, cebolinho, hortelã e funcho entre outras, são ervas aromáticas que podem ser congeladas. Para isso, lave-as, escorre-as e coloque-as em caixas. Cubra com água.

Quando descongelar a água derrete e as ervas mantêm-se frescas e verdes.

 

4. Refeições prontas

Não cozinhe totalmente a refeição que pretende congelar, como um guisado por exemplo.

Poderá completar esse processo na altura em que o descongelar e levar de novo ao lume.

Assim, evitará que os alimentos fiquem demasiado cozidos e secos.

 

5. Porções

Faça sempre o congelamento em pequenas porções, de preferência individuais, pois isso agiliza o processo e facilita o descongelamento, evitando o desperdício de alimentos.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Congelação/Descongelação de alimentos

Esta semana estou de férias, mas resolvi deixar pequenos posts para vos fazer companhia.

Esta semana todos os posts serão dedicados ao tema da congelação/descongelação de alimentos.

Algo simples e uma forma prática para de conservar alimentos, mas que requer alguns cuidados para que tudo corra bem.

 

http://www.consumoteca.com/img/entrada.php?id_entrada=540

(Imagem retirada da internet)

Congelador

1. Atenção às estrelas

Sabia que apenas os congeladores de quatro estrelas permitem congelar alimentos?

Os de três estrelas (ou menos) servem apenas para conservar os produtos já congelados.

 

2. Onde colocar

Não há regras no que toca ao local onde armazena os alimentos no congelador. Contrariamente ao que acontece na zona do frigorífico, no congelador a temperatura é uniforme em todo o compartimento.

 

3. Regule a temperatura

Se o seu eletrodoméstico não está equipado com um sistema para congelação rápida, o ideal é regular o termóstato para o ponto máximo de frio 12 horas andes de congelar qualquer alimento. Cerca de 24 horas depois volte a pôr o termóstato na temperatura habitual, que ronda os menos 18ºC

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Manter o frigorífico sem maus cheiros

Hoje deixo-vos uma dica rápida antes do fim de semana.

 

http://4.bp.blogspot.com/_7i3sjwIfZwE/TC54W35sQhI/AAAAAAAAACo/5DrqAdutF1U/s1600/frigorifico.jpg

(Imagem retirada da internet)

 

Sabem aqueles maus cheiros que por vezes os frigoríficos ganham?

Faz-me uma confusão tão grande abrir a porta do frigorífico e sentir aquele cheiro.

Pois, mas podem acabar com isso.

Para tal basta colocarem um frasco, sem tampa, com bicarbonato de sódio.

Por isso já sabem, nas lista de compras deste fim de semana têm de colocar bicarbonato de sódio.

 

Bom fim de semana para todos!

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Promoção Continente

 

À chegada ao Continente vi um placard que anunciava todos os amaciadores de roupa com 25% de desconto imediato.

Promoção válida hoje e amanha.

 

image